27.7.09

Búzios: De volta as estatuas! O anjo do "SIM"


Voltando as estatuas, recebi e-mail reclamando que tinha parado. Bem eu ia dar seqüências nas estatuas de bronze, mas perdi o texto então vou postar esse que acabei de fazer, o outro reescrevo e posto depois. Essa estatua não é antiga (Que estatua é antiga em Búzios? Logo revelarei). Vamos direto ao ponto, estou falando do “Anjo do Sim”, que é anjo do sim? Oras, o anjo feito em homenagem à emancipação político administrativa de Búzios. Ainda não sabe do que estou falando? O anjo que fica no Morro de Sant”Anna ( em Búzios Sant”Anna se escreve com dois N ) na Praia dos Ossos! O que está lá de frente para o mar com a mão levantada para o céu. È o Anjo da emancipação ou anjo do sim. Por que? È incrível como pouquíssimas pessoas sabem disso, esse anjo de uns tempos pára cá tem aparecido em todos os cartões postais de búzios, em propaganda de pousada... mas ninguém sabe a origem e o por que dele estar ali. Então em primeira mão o Curinga de Búzios vai te dizer. Esse anjo, não podemos esconder de falar, realmente não tem valor artístico, mas é bonito e tem uma razão de ser e estar onde esta. E não é uma razão somente ligada ao fato da igreja de Sant’Anna está ali a tras da estatua. Ah , mas vamos lá. Búzios estava a todo o vapor para sua emancipação, padre Ricardo Whyte, Pároco de Búzios há quase 20 anos, queria dar sua contribuição ao processo de emancipação, mas achou que como padre não era certo se posicionar publicamente. Então mandou fazer um anjo, este que está lá no morro, com uma mão levantada para o céu e tendo nos pés uma urna. Na urna ele mandou gravar a palavra “Sim”. È não estou inventando, foi ele mesmo que me disse, é só você quando for a Búzios olhar atrás da urna e vai ver a palavra “Sim”. É o sim da emancipação! Na missa de ação de graças pela emancipação, assim que aconteceu, ele contou o caso aos presentes na missa e todos foram lá fora para ver o “sim”. È legal da a impressão de estar descobrindo uma hsitoria secreta em Buzios. O padre ainda me contou que trouxe ele na mala da Brasília velha que ele tinha, Búzios ainda não tinha estrada asfaltada e para por ele onde está tiveram que arrumar um guindaste. A estatua é inútil? Olha, acho que está estatua não é, pois de qualquer forma ela está em um lugar coerente com o que ela representa, é o pátio de uma Igreja. Uma igreja de pátio publico diga-se de passagem. E a emancipação foi realmente boa para Búzios. Por mais problemas que tenhamos hoje, não podemos culpar a emancipação, tínhamos muito mais no passado. Não tínhamos asfalto, não tínhamos água encanada! Na verdade não tínhamos nada. E sobre a natureza, sim muita coisa se perdeu, mas eu vou citar só um exemplo de abuso contra o meio-ambiente na época que Búzios pertencia a Cabo Frio: a lagoa de Geribá foi sitiada por condomínios de forma criminosa, agora está poluída e cercada de casas. O anjo ta lá, todos que vão a Búzios tiram foto lá. Agora, você que é bem informado, porque lê o Curinga, olha com mais atenção a urna aos pés do anjo e contemple a palavra “SIM”. É melhor que contemplar a palavra “Não”.


Victor Viana

Nenhum comentário:

Postar um comentário