20.1.11

Pela memória de João Guelo

Um personagem esquecido na inauguração do Batalhão da PM em Búzios 

Em nota publicada no Perú Molhado, Lucinha Souza que é ativista social  moradora da Rasa, atentou para o fato de na inauguração do batalhão da Policia Militar deste bairro – mais exatamente Cruzeiro-  O saudoso João Guelo não ter sido ao menos citado.

O terreno onde hoje é as instalações foi uma doação deste morador ilustre da Rasa. Alem disso foi ele um dos principais agentes do desenvolvimento local, ajudando na abertura de ruas, criando assim o acesso principal do bairro. E não se pode esquecer a importância dele no processo de emancipação da cidade.  Os filhos e netos de João ainda residem na Rasa, seus contemporâneos têm sua memória em alta estima. Era um homem do povo, um trabalhador comum, mas que tinha sonhos e disposição - sonhos sem disposição não servem para  muita coisa- não era de muitas palavras mas de muita ação- isso faz uma falta enorme a política- deveria ser lembrado, é um personagem histórico da cultura buziana.  Não digo que se deveria ter uma estátua dele pelo fato de não fazer parte da cultura de Búzios as estátuas e até porque  já tem estatua demais na Orla Bardot e na Rasa o melhor local para uma estatua já está ocupado pela imagem do homem negro com seu filho levantado em direção o sol.

Estátua no bairro do Cruzeiro/ Rasa
È oportuno nessa discussão sobre a memória de João Guelo sugerir um projeto de estudos da historia buziana nas escolas publicas, sei que já existem algumas iniciativas nesse sentido mas não estão dando a importância necessária a isso, alem de  precisar  de uma atualização. Acredito que o estudo da historia local é tão importante quanto o estudo da historia do Brasil e Mundial. Pode-se se estender isso a ensino de nosso folclore, nossas lendas- é importante que não classifiquem isso como estudos da cultura Afro apenas- e até a nossa Pré Historia. Mas como fomento de consciência social se faz mais imprescindível o estudo dos personagens recentes de nossa historia, e João Guelo tem de estar entre os primeiros da lista.

Victor Viana @VianaBuzios

Nenhum comentário:

Postar um comentário